22.2 C
Brasil
quarta-feira, dezembro 1, 2021
spot_img
HomeJustiçaJustiça aceita pedido de recuperação da Universidade Cândido Mendes

Justiça aceita pedido de recuperação da Universidade Cândido Mendes

A Justiça aceitou o pedido de recuperação judicial da Universidade Cândido Mendes (Ucam) e agora a instituição poderá executar um plano de reestruturação para garantir o seu funcionamento.

Na decisão, a juíza Maria da Penha Nobre Mauro, da 5ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, afirma que a história da instituição de ensino “é comovente”  e destaca que “o perecimento da universidade iria na contramarcha dos anseios econômico-sociais da atualidade”.

Funcionários que acompanham a história da Cândido Mendes admitem, no entanto, que existem problemas anteriores à atual crise e que são decorrentes de erros de gestão.

No pedido de recuperação judicial, os advogados ressaltaram a importância da Ucam para a história do país, inclusive em relação às iniciativas em prol da redemocratização após o fim do regime militar.

“A instituição se destacou por seu incansável e apaixonado ativismo na defesa dos ideais democráticos, através do apoio incondicional e da acolhida em seu campus de um sem-número de intelectuais e professores universitários perseguidos pelo governo militar”, argumentou a equipe do PCPC Advogados e da consultoria Deloitte, que representam a universidade.

O pedido de recuperação da Ucam foi feito pela Associação Sociedade Brasileira de Instrução (ASBI) e pelo Instituto Cândido Mendes (ICAM).

Entre os motivos apontados para justificar a solicitação, os advogados destacam que a faculdade sofre com a diminuição das matrículas dos alunos presenciais e com a queda da arrecadação proveniente do Fies, programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação de estudantes em faculdades particulares.

Os advogados citam o aumento da inadimplência dos universitários que dependem desses recursos e afirmam que a universidade está sujeita à “redução significativa” de seu faturamento por conta da pandemia.

A instituição foi fundada em 1902 pelo Conde Cândido Mendes de Almeida, junto com a Academia de Comércio do Rio de Janeiro. Em 1919, a universidade ficou conhecida por criar a primeira escola superior de Economia do Brasil.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments