24.2 C
Brasil
domingo, março 7, 2021
Início Brasil Aliados de Lira rejeitam Bia Kicis e querem outro nome no comando...

Aliados de Lira rejeitam Bia Kicis e querem outro nome no comando da CCJ

A repercussão de uma possível indicação da deputada Bia Kicis (PSL-DF) para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) repercutiu muito mal na esquerda, como esperado.

Mas enfrenta resistências também entre parlamentares que apoiaram Arthur Lira (PP-AL). A avaliação é de que soa como uma provocação desnecessária.

“Não há necessidade disso. O presidente acabou de sair de  um atrito com a esquerda e vai entrar em outro se bancar o nome dela. E, se confirmado, os trabalhos não vão andar na CCJ. Será obstrução atrás de obstrução”, disse um deputado que votou em Lira, e pediu reserva nessa conversa.

Dois outros parlamentares ligados ao governo com que Radar conversou foram na mesma linha.

Começa a surgir um nome alternativo, de um partido do Centrão, e que teria o apoio da esquerda para comandar a comissão.

É o da deputada Margarete Coelho (PP-PI), advogada e que tem proximidade com Lira, que não faria objeção a seu nome. Margarete presidiu o grupo que avaliou o pacote anticrime de Sergio Moro e Alexandre de Moraes.

Desde ontem deputados da oposição reagiram ao nome de Bia Kicis.

Continua após a publicidade

“Bia Kicis presidindo a CCJ, não! Não tem arrego para bolsonarista que ataca a democracia, ataca o STF, debocha da máscara, incentivou a aglomeração em Manaus que gerou a crise do oxigênio”, postou a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

Paulo Teixeira (PT-SP) também criticou.

“As posições extremadas que a Bia Kicis têm adotado não indicam que seja o melhor perfil para o cargo”, disse o petista.

O nome de Bia Kicis  surgiu como parte de uma negociação que envolve a escolha de Luciano Bivar, presidente do PSL, de Pernambuco, para a 1ª Secretaria da Mesa Diretora.

Mas há controvérsias. Esse acordo, com o deputado Vítor Hugo (PSL-GO), um líder informal do grupo dissidente do partido, é por comandos de comissões, sim, mas não com nomes fechados.

Bia Kicis, ao se anunciar possível presidente, teria atropelado tudo e estaria se inviabilizando. Ela fez várias postagens, ontem, nas suas redes, confirmando que será a nova presidente da comissão. Mesmo que indicada, ainda precisa ser votado.

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Ministério da Justiça leiloa fazenda de bicheiro famoso no Mato Grosso

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça abriu recentemente o leilão de uma fazenda que foi do bicheiro Comendador Arcanjo, espécie...

Imagem de militares no governo ajuda Bolsonaro nas urnas, aponta pesquisa

Com a popularidade estremecida, Jair Bolsonaro tem ampliado o espaço de militares em seu governo. Desde a redemocratização, nunca foi tão grande a presença...

Cúpula do PSB tenta não se iludir com Luiza Trajano

A cúpula do PSB sondou Luiza Trajano para disputar o Planalto, mas já desembarcou da ideia, diante da delicada negativa da empresária. “Não queremos outra...

Polícia avança na investigação do assassinato de Marielle

A polícia do Rio deve anunciar novidades na próxima semana a respeito das investigações da morte de Marielle Franco. No próximo dia 13, os...