21.7 C
Brasil
segunda-feira, março 1, 2021
Início Brasil Anvisa desmente Bolsonaro 

Anvisa desmente Bolsonaro 

Depois de idas e vindas cercadas por um (por vezes justificado) ambiente de desconfiança quanto à independência da agência, a Anvisa deu mostra da importância da regulação autônoma no aparelho de Estado, na reunião/anúncio da aprovação do uso emergencial das vacinas de Oxford e Coronavac.

Tudo o que disseram técnicos e diretores ao longo de mais de cinco horas contrariou o que vem dizendo o presidente Jair Bolsonaro em sua saga de desqualificação dos imunizantes e da negação do combate contundente e eficiente à pandemia. O corpo da agência parecia ter-se livrado de manifestações que estavam “entaladas”. 

Em todo o contexto sobre a premência da vacinação, duas afirmações feitas por diretores se destacaram. Uma, a que não há medicações alternativas ao combate do vírus. Outra, a que a atribui a situação calamitosa do Brasil à “incúria do Estado”, vale dizer, do governo. 

Há quem tenha visto excesso de propaganda na reunião, mas ela foi importante para que a Anvisa falasse e detalhasse um cenário de razão em oposição às posições negacionistas do presidente. Na atual conjuntura em que se tem de lutar contra doença e contra o governantes que a despreza, antes o show da Anvisa que o espetáculo diário da ignorância presidencial. 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

O fim de um símbolo da amizade de Alcolumbre e Maia

Símbolo da amizade de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, o famoso portão que ligava internamente as casas dos chefes do Senado e da Câmara...

Durante a pandemia, ‘Bolsonaro 2022’ venceu de goleada ‘Fora Bolsonaro’

Sempre que pode,  Jair Bolsonaro reserva uma parte de suas aparições públicas para espetar os advesários. Na sexta-feira 26, durante uma visita ao Ceará,...

MPF levanta informações sobre empresa e negócios de filho de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro passou a ter uma nova dor de cabeça com um de seus filhos. O Ministério Público Federal (MPF) está levantando...

S.O.S. Acre

O Acre enfrenta três crises simultâneas: as enchentes, a pandemia da Covid-19 e o surto de dengue. Os alagamentos atingiram cerca de 120 mil...