20.2 C
Brasil
terça-feira, abril 20, 2021
Início Brasil Aposentadoria de ministro aos 57 gera desconforto entre colegas do STJ

Aposentadoria de ministro aos 57 gera desconforto entre colegas do STJ

Em meio a este caos econômico, sanitário, social e moral que o Brasil enfrenta, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) foi surpreendido com o anúncio da aposentadoria do ministro Néfi Cordeiro, da 6ª Turma da corte, e de apenas 57 anos.

Apesar de cumprir os requisitos legais para se aposentar – 30 anos de prestação de serviço público – o ministro poderia atuar por mais 18 anos, ou seja até os 75, quando os membros da corte são obrigados a se desligarem de suas atividades.

Magistrados do STJ afirmaram à coluna, na condição do anonimato, que ficaram surpresos e decepcionados com o colega de toga. Um dos ministros lembrou que ele poderia manter quase duas décadas de contribuição, mas preferiu deixar o cargo.

Segundo Néfi Cordeiro, sua decisão foi motivada pela saúde. “Tive uma sequência de intercorrências médicas e repensei o futuro. Escolhi saúde e família. Está tudo bem”, disse à coluna.

Do ponto de vista legal, nenhum questionamento. Mas, do ponto de vista econômico, existem algumas considerações dos ministros do próprio STJ. Com a aposentadoria de Néfi Cordeiro, os cofres públicos terão que pagar duas vezes:  sua remuneração integral e o salário do futuro ministro que o substituirá. Só aí são R$ 74.657 por mês, tendo em vista que um ministro do STJ recebe R$ 37.328,65.

Isso significa que o Estado brasileiro pagará caro também por sua inatividade, isso num tempo em que a reforma da Previdência tentou ampliar a idade mínima de aposentadoria para 65 anos.

Além do peso nos cofres públicos, há que se lembrar o momento em que o Brasil vive, que necessita de juízes e ministros experientes, comprometidos com a causa pública. Néfi tem uma trajetória importante, com décadas dedicadas à magistratura. Mas com sua saída precoce, perde o país duplamente, pela experiência do juiz e pelos gastos públicos.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Processos de Witzel sofrem debandada de advogados de defesa

Após sucessivas derrotas — a última delas foi um pedido para suspender o impeachment negado pelo ministro Alexandre de Moraes — os advogados que...

Caso Henry: Polícia Civil do Rio deve encerrar inquérito nesta semana

A Polícia Civil do Rio de Janeiro não definiu, ainda, se vai ouvir Monique Medeiros, de 33 anos, mãe do menino Henry Borel, de...

Governo abre segundo edital de parceria privada para atuação em Alcântara

A Agência Espacial Brasileira (AEB) publicou na última sexta-feira o segundo chamamento público e tem a expectativa de atrair grupos internacionais e nacionais, que...

A aposta da Embrapa para impulsionar o agro

A Embrapa começa a executar nos próximos dias o maior levantamento já realizado sobre as características do solo brasileiro. A plataforma tecnológica s ser utilizada...