26.7 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil Araújo admite não ter se envolvido em negociação pela vacina chinesa

Araújo admite não ter se envolvido em negociação pela vacina chinesa

Chefe da diplomacia brasileira durante boa parte da pandemia, o ex-chanceler Ernesto Araújo acaba de admitir na CPI da Pandemia que a negociação com a China por vacinas e insumos foi tocada exclusivamente pelo Instituto Butantan.

“Na minha gestão, pelo menos, foi assim (Butantan negociando sozinho a obtenção da vacina e dos insumos)”, disse Araújo.

O Butantan já produziu quase 50 milhões de doses da CoronaVac, a primeira vacina a ser distribuída no país em larga escala graças ao trabalho e planejamento do governo de São Paulo, do tucano João Doria.

Ironicamente, Araújo abriu sua fala destacando que, “na minha gestão no Itamaraty”, o país obteve 60 milhões de doses de vacina.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

O presente que fez Bolsonaro se apaixonar pela CBF

Nesse rolo da Copa América, acolhida de pronto por Jair Bolsonaro, um interlocutor da CBF revela o fato que selou o amor presidencial por...

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...