26.7 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil Arthur Virgílio revida ofensa de Bolsonaro a FHC com ataque a Salles

Arthur Virgílio revida ofensa de Bolsonaro a FHC com ataque a Salles

Nome lembrado nas prévias do PSDB ao Planalto, o tucano Arthur Virgílio decidiu responder aos ataques de Jair Bolsonaro contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, por causa do encontro com Lula.

Bolsonaro chamou FHC de vagabundo. Para Virgílio, o presidente não teria envergadura moral para falar do ex-presidente.

“Fui ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência e duas vezes líder do governo Fernando Henrique. Sinto-me responsável por seu legado. FHC fez o Plano Real, Lei de Responsabilidade Fiscal, a primeira geração de reformas estruturais. É livre pra se reunir com quem quiser. Não deve satisfações a Bolsonaro”, diz Virgílio.

Acaba sobrando para Ricardo Salles, o ministro do Meio Ambiente que foi alvo recentemente de uma ação da Polícia Federal.

“Se Bolsonaro o chamou levianamente de vagabundo, rebato apontando todos os dias, um vagabundo do governo dele. Começo com Ricardo Salles, ironicamente ministro do Meio Ambiente. Um ser nocivo ao país. Agride a floresta, apoia o garimpo ilegal e faz negociatas com grandes empresas que sonham implantar o agronegócio no coração da Amazônia”, segue Virgílio.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

O presente que fez Bolsonaro se apaixonar pela CBF

Nesse rolo da Copa América, acolhida de pronto por Jair Bolsonaro, um interlocutor da CBF revela o fato que selou o amor presidencial por...

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...