21.6 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil Barroso suspende desocupações e despejos por seis meses

Barroso suspende desocupações e despejos por seis meses

O ministro no STF Luís Roberto Barros determinou a suspensão por seis meses de ordens de despejo ou ações de desocupação de áreas que tenham sido ocupadas como moradia antes de 20 de março do ano passado, data do início do estado de calamidade pública decretado em razão pandemia de Covid-19.

O ministro atendeu parcialmente a ação movida pelo PSOL e determinou que estão proibidas “medidas administrativas ou judiciais que resultem em despejos, desocupações, remoções forçadas ou reintegrações de posse de natureza coletiva em imóveis que sirvam de moradia ou que representem área produtiva pelo trabalho individual ou familiar de populações vulneráveis”.

Também foram suspensos despejos, por decisão liminar, de locatários de imóveis residenciais que estejam em condição de vulnerabilidade. 

O partido relata na ação que de acordo com a campanha Despejo Zero, 9.156 famílias foram despejadas em 14 estados desde o início da pandemia. Outras 64.546 famílias estariam ameaçadas de perderem suas casas.

O ministro disse ainda em sua decisão que a suspensão poderá ser prorrogada em caso de necessidade criada pela crise sanitária.

 

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...

Antigo partido de Bolsonaro abre as portas para Doria em 2022

Se o PSDB seguir Aécio Neves e fritar João Doria nas prévias do fim do ano, o tucano tem outra poderosa máquina partidária como...