25.6 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021
Início Brasil Brasileiro descobre que está jogando no nível hard há mais de 500...

Brasileiro descobre que está jogando no nível hard há mais de 500 anos

A ferocidade dos inimigos, o ambiente hostil, nada funciona. Eram tantas as dificuldades que o brasileiro José da Silva achava que a vida era assim mesmo. O importante era achar uma recarga de energia e seguir em frente. Afinal, como dizem, o brasileiro não desiste nunca. Até que, sem querer, ele esbarrou no controle remoto e abriu um menu até então desconhecido. José da Silva estava jogando o game Brasil no nível hard, sem perceber.

“Era estranho porque meus amigos que foram pro exterior falavam que lá não era assim, mas eu achava que eles exageravam”, disse ele.

A descoberta, porém, não deixou a vida mais fácil. O nível hard está travado. José não consegue mudar para o modo fácil de jeito nenhum. E ele percebeu algo desconcertante: as fases se repetem. Conforme o jogo avança, o mesmo Boss volta. E ele viu que jogadores que reiniciavam e nasciam de novo numa família de milionários conseguiam tudo mais rápido. Talvez o nível seja o “extreme”.

Publicado em VEJA de 14 de abril de 2021, edição nº 2733

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

PGR assina delação com advogado que deve implodir a Lava-Jato no Rio

O advogado Nythalmar Filho na última terça-feira seu acordo de delação premiada com a PGR. Em troca de provas contra investigadores da força-tarefa da Lava-Jato...

STF arquiva caso dos cheques de Queiroz que mirava Bolsonaro

No início da semana, o Radar revelou que o chefe da PGR, Augusto Aras, havia rejeitado investigar Jair Bolsonaro no caso dos cheques depositados...

Disputa pelo controle do aeroporto de Manaus segue no STF

A novela da licitação do aeroporto de Manaus, que antagoniza o governo de Jair Bolsonaro e consórcio SB Participações, ganhou mais um capítulo com...

Universidade Zumbi dos Palmares lança pesquisa inédita sobre cotas raciais

A Universidade Zumbi dos Palmares, em parceria com a ONG Afrobras e com o Conselho Nacional de Justiça, vai dar início a uma pesquisa...