23.7 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil Como a pressão pela queda de Ernesto Araújo mexe com o Itamaraty

Como a pressão pela queda de Ernesto Araújo mexe com o Itamaraty

No Itamaraty, o clima nesta quinta-feira é de que após os duros recados dados pelo Congresso nesta semana, não há chance para que Ernesto Araújo permaneça à frente da diplomacia brasileira. 

Um dos efeitos da iminente mudança é a dúvida que começa a pairar sobre o que Jair Bolsonaro fará com o ministro, um dos últimos representantes da ala ideológica na Esplanada dos Ministérios.  

Diplomatas não descartam um eventual “rebaixamento” de Ernesto para o posto de assessor especial da presidência, hoje ocupado por Filipe Martins — agora alvo de apuração por suposto gesto supremacista. Seria uma maneira de manter o chanceler no governo, sob o abrigo de peso do Palácio do Planalto. 

A possível mudança também já fez acender o alerta em integrantes da cúpula do Ministério das Relações Exteriores, que começam a se articular para não ficarem sem guarida — e passam a se mexer em busca de postos que não precisem de sabatina pelo Senado.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...

Quais são as raças de cachorro mais inteligente do mundo?

Rafael Libman é um grande entusiasta da sétima arte, animais e tecnologia. Segundo ele, um professor da Universidade de Columbia, no Canadá,...