21.6 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil CPI terá um placar final de ‘mortes evitáveis’ na pandemia, diz Renan

CPI terá um placar final de ‘mortes evitáveis’ na pandemia, diz Renan

Numa espécie de balanço sobre o trabalho do primeiro mês da CPI da Pandemia, o relator Renan Calheiros revela nesta terça, em artigo publicado no Jornal O Globo, que o relatório final elaborado por ele irá estimar o número de vidas perdidas pelos atos e omissões do governo de Jair Bolsonaro na gestão da pandemia.

“Após a primeira etapa de depoimentos, podemos afirmar que milhares de vidas poderiam ter sido preservadas com escolhas sensatas, responsáveis e científicas. Ao fim dos trabalhos, teremos como quantificar o número de óbitos evitáveis, que redundaram em lágrimas e destruição de famílias”, diz Calheiros.

A demora e a opção deliberada por não comprar vacinas, o investimento na luta contra o distanciamento social, contra o uso de máscara e a favor de aglomerações, além da aposta diária na cloroquina e outras drogas sem efeito contra Covid-19, receberão uma marca numérica na CPI.

“Ao final, haverá um balanço definitivo para o conhecimento da sociedade. A sensação é de que assistimos ao fim de prolongado eclipse, quando as sombras vão se dissipando, e a luz vai ressurgindo gradualmente e renovando a vida”, escreve o relator.

Quase 500.000 vidas brasileiras, infelizmente, não se renovarão.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...

Antigo partido de Bolsonaro abre as portas para Doria em 2022

Se o PSDB seguir Aécio Neves e fritar João Doria nas prévias do fim do ano, o tucano tem outra poderosa máquina partidária como...