26.7 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil Defesa veta compra de bebidas com dinheiro público nos quarteis

Defesa veta compra de bebidas com dinheiro público nos quarteis

Desde o início da pandemia, o Radar vem publicando notícias sobre gastos milionários da área militar do governo com a despensa das unidades.

Cerveja, uísque, cortes nobres de carne para churrasco e frutos do mar foram comprados ao longo da pandemia para abastecer confraternizações da turma em plena crise do coronavírus onde o isolamento social deveria ser regra.

Nesta quarta, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, anunciou na Câmara que orientou as Forças Armadas a evitarem gastos com bebidas alcoólicas. A cervejinha no quartel não foi proibida, explicou o ministro, só que a turma, se quiser beber, terá que fazer como qualquer brasileiro: tirar dinheiro do bolso e comprar.

Pegava muito mal também a turma ficar torrando com bebida e festa enquanto falta dinheiro para projetos da área militar.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

O presente que fez Bolsonaro se apaixonar pela CBF

Nesse rolo da Copa América, acolhida de pronto por Jair Bolsonaro, um interlocutor da CBF revela o fato que selou o amor presidencial por...

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...