30.9 C
Brasil
domingo, março 7, 2021
Início Brasil Depois de Silveira, Câmara terá que votar afastamento de Flordelis

Depois de Silveira, Câmara terá que votar afastamento de Flordelis

A Justiça do Rio decidiu afastar do mandato nesta terça a deputada Flordelis (PSD). O motivo da decisão foi o fato de os desembargadores do TJRJ terem constatado movimentos da parlamentar para atrapalhar a investigação em que é acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

O relator do processo, desembargador Celso Ferreira Filho, votou a favor do afastamento. Os outros dois colegas dele, Antônio José e Katia Jangutta, seguiram o voto. “Há situações que me causaram perplexidade. São 50 anos que convivo nessa casa de conflitos e há muito tempo não vejo uma situação tão complexa, estranha e que causa tanta surpresa. Lidamos com homicídio, improbidade, mas nesse processo há uma gama de circunstâncias estranhas”, disse Filho.

A decisão dos magistrados será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que decidam se o afastamento será mantido, conforme determina a Constituição Federal.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Imagem de militares no governo ajuda Bolsonaro nas urnas, aponta pesquisa

Com a popularidade estremecida, Jair Bolsonaro tem ampliado o espaço de militares em seu governo. Desde a redemocratização, nunca foi tão grande a presença...

Cúpula do PSB tenta não se iludir com Luiza Trajano

A cúpula do PSB sondou Luiza Trajano para disputar o Planalto, mas já desembarcou da ideia, diante da delicada negativa da empresária. “Não queremos outra...

Polícia avança na investigação do assassinato de Marielle

A polícia do Rio deve anunciar novidades na próxima semana a respeito das investigações da morte de Marielle Franco. No próximo dia 13, os...

Intervenção de Bolsonaro no BB já provoca paralisia na instituição

As incertezas sobre a sucessão no Banco do Brasil travaram nos últimos dias todos os projetos do banco. Enquanto Jair Bolsonaro não se decide sobre...