25.6 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021
Início Brasil Deputado aciona PF contra universidade federal por crítica a Bolsonaro

Deputado aciona PF contra universidade federal por crítica a Bolsonaro

A Polícia Federal vai investigar os responsáveis por instalar um painel de LED dentro do campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Praia Vermelha, contendo críticas à condução de Jair Bolsonaro durante a pandemia. A denúncia foi feita pelo deputado estadual Anderson Moraes, do PSL.

O equipamento eletrônico, com cerca de 3 metros de altura e 6 metros de largura, exibia frases como, “vacina no braço, comida no prato”, “Bolsonaro é genocida” e “#ForaBolsonaro”.

O painel foi uma das séries de intervenções que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFRJ (Sintufrj) promoveu na sexta-feira contra o governo Bolsonaro, em diversos pontos da capital.

Para o integrante da Assembleia Legislativa do Rio, porém, a iniciativa representa atos de calúnia e difamação contra Bolsonaro e infringe a Lei 7170/83, de segurança nacional, ordem e política social. Em vídeo postado nas redes sociais, Anderson disse que o dinheiro público está sendo usado para “fazer palanque político para a esquerda”.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

PGR assina delação com advogado que deve implodir a Lava-Jato no Rio

O advogado Nythalmar Filho na última terça-feira seu acordo de delação premiada com a PGR. Em troca de provas contra investigadores da força-tarefa da Lava-Jato...

STF arquiva caso dos cheques de Queiroz que mirava Bolsonaro

No início da semana, o Radar revelou que o chefe da PGR, Augusto Aras, havia rejeitado investigar Jair Bolsonaro no caso dos cheques depositados...

Disputa pelo controle do aeroporto de Manaus segue no STF

A novela da licitação do aeroporto de Manaus, que antagoniza o governo de Jair Bolsonaro e consórcio SB Participações, ganhou mais um capítulo com...

Universidade Zumbi dos Palmares lança pesquisa inédita sobre cotas raciais

A Universidade Zumbi dos Palmares, em parceria com a ONG Afrobras e com o Conselho Nacional de Justiça, vai dar início a uma pesquisa...