21.9 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021
Início Brasil Documentos roubados e acusações na polícia, a nova guerra na Odebrecht

Documentos roubados e acusações na polícia, a nova guerra na Odebrecht

A Odebrecht, nova Novonor, acionou a polícia contra o ex-chefe da Braskem José Carlos Grubisich.

A empreiteira — que mais parece um campo de guerra — acusa Grubisich de ter se aliado a Marcelo Odebrecht para usar documentos roubados de dentro da companhia na disputa que envolve o processo de recuperação judicial da empresa.

Segundo a empresa, as informações constam de documentos confidenciais que foram desviados ilegalmente por um ex-funcionário. Na ocasião o caso foi comunicado a polícia, e um inquérito está em andamento.

A empresa acredita que haja uma parceria entre Marcelo e Grubisichi, que tinham histórico de desavenças quando eram executivos da Odebrecht.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

PGR assina delação com advogado que deve implodir a Lava-Jato no Rio

O advogado Nythalmar Filho na última terça-feira seu acordo de delação premiada com a PGR. Em troca de provas contra investigadores da força-tarefa da Lava-Jato...

STF arquiva caso dos cheques de Queiroz que mirava Bolsonaro

No início da semana, o Radar revelou que o chefe da PGR, Augusto Aras, havia rejeitado investigar Jair Bolsonaro no caso dos cheques depositados...

Disputa pelo controle do aeroporto de Manaus segue no STF

A novela da licitação do aeroporto de Manaus, que antagoniza o governo de Jair Bolsonaro e consórcio SB Participações, ganhou mais um capítulo com...

Universidade Zumbi dos Palmares lança pesquisa inédita sobre cotas raciais

A Universidade Zumbi dos Palmares, em parceria com a ONG Afrobras e com o Conselho Nacional de Justiça, vai dar início a uma pesquisa...