23.7 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil Governo anuncia substituição de comandantes das Forças Armadas

Governo anuncia substituição de comandantes das Forças Armadas

O Ministério da Defesa acaba de divulgar nota para confirmar que os comandantes da Marinha (almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior), do Exército (general Edson Pujol) e da Aeronáutica (tenente-brigadeiro do ar Antonio Carlos Moretti Bermudez) serão substituídos.

A decisão de demissão partiu do próprio governo, não dos comandantes. A conversa nesta manhã foi tensa, segundo interlocutores da Defesa.

“A decisão foi comunicada em reunião realizada nesta terça-feira (30), com presença do Ministro da Defesa nomeado, Braga Netto, do ex-ministro, Fernando Azevedo, e dos Comandantes das Forças”, diz a nota.

Nesta segunda, o Radar antecipou o movimento da cúpula militar, que passou a estudar a saída do cargo após o presidente Jair Bolsonaro demitir o então ministro da Defesa, Fernando Azevedo.

A saída de Azevedo foi lida como uma ação do presidente para tentar controlar politicamente as Forças Armadas. O Planalto estaria descontente com a falta de apoio político e com entrevistas e declarações de militares da ativa sobre temas que contrariam o governo, como a pandemia.

Na nota de despedida, Azevedo deixou claro que seu legado na Defesa era a preservação das Forças Armadas como instituições de Estado.

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Os potenciais alvos da delação-bomba no Congresso

Em outra frente inflamável na PGR, um ex-assessor parlamentar e agora delator promete arrastar uma parte da bancada de Minas Gerais no Congresso para...

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...