24.8 C
Brasil
sábado, junho 19, 2021
Início Brasil Governo Bolsonaro diverge da Argentina sobre pedágio em ponte no RS

Governo Bolsonaro diverge da Argentina sobre pedágio em ponte no RS

O término da concessão de 25 anos de uma ponte entre as cidades de São Borja (RS) e Santo Tomé, na fronteira do Brasil com a Argentina, pode virar novo atrito diplomático.

Bolsonaro quer o fim do pedágio. Já a Argentina quer renovar com o consórcio italiano Mercovia S/A que gere a ponte.

O contrato de concessão da Ponte Internacional da Integração termina em 29 de agosto de 2021, quando vence o atual período de concessão.

Segundo a prefeitura gaúcha, a Ponte da Integração – com 1.400 metros de extensão e mais de 14 quilômetros de acessos em São Borja e Santo Tomé – foi inaugurada em 9 de dezembro de 1997, com 25 anos de concessão.

A ponte foi construída numa parceria dos dois países com a iniciativa privada, cabendo ao consórcio empreendedor a cobrança de pedágio.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Deputado pede que Justiça vete passeio de moto de Bolsonaro no Ceará

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) protocolou nesta quinta, na Justiça Federal do Ceará, uma ação popular para barrar eventual realização de motociatas ou...

No STF, só Edson Fachin ainda não despachou nada sobre CPI

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, tem deixado claro que um de seus objetivos na gestão da Corte é cumprir o regimento em...

Advogada tenta conquistar OAB paulista a bordo de uma kombi

A criminalista Dora Cavalcanti pretende conduzir seu caminho na disputa pela presidência da OAB de São Paulo a bordo de uma kombi. Parte do plano...

Efeito Marina, o fantasma de Ciro Gomes em 2022

Um fantasma que ronda o ninho pedetista de Ciro Gomes é o fenômeno já vivido por Marina Silva. Em 2018, a candidata da Rede...