21.2 C
Brasil
terça-feira, março 2, 2021
Início Brasil Governo vai investir R$ 6 mi em delegacias contra violência doméstica

Governo vai investir R$ 6 mi em delegacias contra violência doméstica

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado por Damares Alves, planeja investir cerca de 6 milhões de reais na implementação de salas de atendimento especializado a mulheres vítimas de violência, desta vez em delegacias comuns.

Ao custo de de 250.000 reais por unidade, a previsão é de que 25 núcleos integrados de apoio a mulheres sejam implementados até o final de 2022. Damares tem por meta instalar 135 unidades — ao menos cinco por estado.

Atualmente, menos de 10% das cidades brasileiras possuem delegacias especializadas no combate à violência doméstica. E menos de 20% têm algum órgão de proteção à mulher.

Além de sala, com espaço lúdico para receber crianças, por exemplo, as delegacias receberão, ainda, uma viatura e treinamento para implementação de protocolo especializado de atendimento à vítima de violência.

As primeiras unidades devem ser construídas em Rio Branco (AC), cidade onde houve explosão no número de feminicídios durante a pandemia, e Campo Grande (MS), onde Damares espera diminuir os índices de violência doméstica.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

STF arquiva denúncia da PGR contra “quadrilhão do PP” e salva Lira

A Segunda Turma do STF arquivou a denúncia por organização criminosa contra o chamado “quadrilhão do PP”, que envolvia o presidente da Câmara, Arthur Lira,...

STF julga lei de antenas de SP inconstitucional e abre espaço para 5G

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal publicada ontem julgou inconstitucional a Lei de Antenas de São Paulo. A prefeitura e a câmara municipal recorreram...

Governadores ‘desistem’ de Pazuello para assumir a gestão da crise

Como já aconteceu em outras vezes ao longo dos últimos meses de pandemia da Covid-19, uma comitiva de 21 governadores foi a Brasília nesta...

Ministro pede aposentadoria ao vivo em sessão do STJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Nefi Cordeiro, de 57 anos, pediu aposentadoria ao vivo durante a sessão de julgamentos desta terça-feira. “Pensei muito...