21.3 C
Brasil
sábado, fevereiro 27, 2021
Início Brasil Justiça destina recurso de multa para compra de material de proteção no...

Justiça destina recurso de multa para compra de material de proteção no AM

A crise sanitária no Amazonas afeta vários serviços, além do comprometimento de falta de insumos, como o oxigênio.

A Justiça do Trabalho do estado determinou a liberação imediata de 114.000 reais  para a aquisição emergencial de macacões impermeáveis para profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus em Manaus.

Esse dinheiro será utilizado para a aquisição de 1.200 macacões utilizados pelos profissionais da linha de frente, que estão no atendimento direto aos pacientes.

Esse recurso é proveniente de uma multa aplicada a uma empresa controlada pela Petrobras, a Breitener Energética Tambaqui. O Ministério Público do Trabalho pediu esse dinheiro à Justiça para essa finalidade.

Ainda restam 147.000 reais desse acordo como saldo, verba que pode ser a vir aplicada também para ações de combate ao vírus. Na decisão, o juiz Lucas Pasquali se manifestou aguardar que os procuradores do Trabalho se posicionem sobre a destinação desse montante remanescente.

A Anamatra informa que já totalizam 300 milhões de reais o valor de multas trabalhistas destinados a ações de combate, prevenção e pesquisa durante a epidemia.

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Toffoli impede uso de ‘legitima defesa da honra’ em processos criminais

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu uma decisão liminar nesta sexta-feira que impede o uso da tese da “legítima defesa da honra”...

Pandemia de confusão

A pandemia do coronavírus produziu um impacto catastrófico na normalidade e regularidade da vida social, econômica, política e, principalmente, nas estruturas da saúde pública...

Ações do Padre Júlio Lancellotti podem virar lei nacional

O uso de técnicas de arquitetura hostil em áreas públicas é prática recorrente de diversos gestores para marginalizar ainda mais as pessoas em situação...

Para OAB, investigação do STJ contra procuradores da Lava-Jato é legal

O  inquérito aberto pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para investigar procuradores da Lava-Jato ganhou o apoio do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Para ele, a...