25.6 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021
Início Brasil Moraes nega pedido de Witzel para paralisar andamento do impeachment

Moraes nega pedido de Witzel para paralisar andamento do impeachment

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta segunda-feira o pedido de Wilson Witzel para paralisar o andamento do processo de impeachment aberto contra ele.

Na ação, a defesa do governador afastado argumentava que o Tribunal de Justiça do Rio teria violado precedentes do Supremo ao não protocolar uma peça processual acusatória.

Segundo o ministro, porém, não existe previsão legal “quanto à possibilidade de apresentação de libelo acusatório no rito procedimental aplicável aos Governadores”.

Por isso, não haveria motivo para “falar em indevida aplicação da Lei Federal pelo órgão julgador”, no caso o Tribunal Especial Misto, que conduz o impeachment.

“Seja como for, ainda que houvesse a possibilidade de apresentação de libelo acusatório ao procedimento referente aos Governadores, não há falar em prejuízo no presente caso, a partir da perspectiva do exercício concreto da ampla defesa, garantia constitucional aos acusados de maneira geral”, afirmou Moraes.

Com o pedido feito ao STF, os advogados de Witzel tentavam frear o andamento do julgamento previsto para acontecer até o final de abril — e que pode culminar com o afastamento definitivo do cargo.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

PGR assina delação com advogado que deve implodir a Lava-Jato no Rio

O advogado Nythalmar Filho na última terça-feira seu acordo de delação premiada com a PGR. Em troca de provas contra investigadores da força-tarefa da Lava-Jato...

STF arquiva caso dos cheques de Queiroz que mirava Bolsonaro

No início da semana, o Radar revelou que o chefe da PGR, Augusto Aras, havia rejeitado investigar Jair Bolsonaro no caso dos cheques depositados...

Disputa pelo controle do aeroporto de Manaus segue no STF

A novela da licitação do aeroporto de Manaus, que antagoniza o governo de Jair Bolsonaro e consórcio SB Participações, ganhou mais um capítulo com...

Universidade Zumbi dos Palmares lança pesquisa inédita sobre cotas raciais

A Universidade Zumbi dos Palmares, em parceria com a ONG Afrobras e com o Conselho Nacional de Justiça, vai dar início a uma pesquisa...