21.6 C
Brasil
terça-feira, março 2, 2021
Início Brasil MPF processa deputada bolsonarista por postagem homofóbica

MPF processa deputada bolsonarista por postagem homofóbica

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação civil pública contra a deputada federal Chris Tonietto (PSL-RJ) pela publicação de mensagens com teor discriminatório que relacionavam a prática de crime e a pedofilia a pessoas homossexuais. 

Na ação, o MPF pede que a deputada seja condenada ao pagamento de R$ 50 mil a título de indenização por danos morais coletivos, devendo o montante ser destinado à estruturação de centros de cidadania LGBT, no município ou no Estado do Rio de Janeiro.  Além disso, os procuradores solicitam à Justiça que determine a exclusão da postagem. 

A publicação induz falsamente a opinião pública a acreditar que todo o grupo de pessoas homossexuais seria propenso a cometer os graves crimes que giram em torno da pedofilia, gerando preconceito e reforçando estigmas”, pontuam os procuradores Regionais dos Direitos do Cidadão, Ana Padilha, Julio Araujo e Sérgio Suiama.

Em julho do ano passado, a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão pediu para que a parlamentar esclarecesse e apresentasse os estudos científicos em que se baseou para disseminar as conclusões de sua postagem, especificando exatamente qual autor relaciona o ensino de gênero nas escolas à pedofilia.

Na resposta apresentada, a deputada se recusou a acatar a recomendação, limitando-se a informar que goza de imunidade parlamentar e que o recomendado implicaria ato de censura, além de sustentar que sua opinião estaria lastreada no senso comum e na realidade.

Além do teor discriminatório, é patente que a descabida associação entre a homossexualidade e a prática de crimes associados à pedofilia estimula a violência contra este grupo, caracterizando discurso de ódio e menosprezo pelo ordenamento jurídico e pelas instituições democráticas”, concluem os procuradores.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

STF arquiva denúncia da PGR contra “quadrilhão do PP” e salva Lira

A Segunda Turma do STF arquivou a denúncia por organização criminosa contra o chamado “quadrilhão do PP”, que envolvia o presidente da Câmara, Arthur Lira,...

STF julga lei de antenas de SP inconstitucional e abre espaço para 5G

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal publicada ontem julgou inconstitucional a Lei de Antenas de São Paulo. A prefeitura e a câmara municipal recorreram...

Governadores ‘desistem’ de Pazuello para assumir a gestão da crise

Como já aconteceu em outras vezes ao longo dos últimos meses de pandemia da Covid-19, uma comitiva de 21 governadores foi a Brasília nesta...

Ministro pede aposentadoria ao vivo em sessão do STJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Nefi Cordeiro, de 57 anos, pediu aposentadoria ao vivo durante a sessão de julgamentos desta terça-feira. “Pensei muito...