24.6 C
Brasil
domingo, abril 18, 2021
Início Brasil No CNJ, Fux promete dar agilidade a júri do caso Marielle Franco

No CNJ, Fux promete dar agilidade a júri do caso Marielle Franco

Durante reunião do Observatório dos Direitos Humanos do Poder Judiciário, Luiz Fux firmou compromisso para dar agilidade ao júri sobre Marielle Franco. “O CNJ cobrará a realização bastante célere do júri para que apure todos os fatores que influenciaram esse flagelo que ocorreu na política brasileira, que foi o assassinato brutal de Marielle Franco”, ressaltou Fux.

O compromisso foi assumido pelo presidente do CNJ e do STF na terça-feira, após apresentação da viúva Monica Benício sobre a situação em que se encontra o caso de Marielle Franco, vereadora carioca assassinada há três anos.

Monica reafirmou a importância de que ocorram os julgamentos dos acusados pela execução do assassinato. Ronnie Lessa e Elcio Queiroz recorreram, mas o juiz responsável pelo processo no Rio de Janeiro manteve a decisão. “O mundo exige resposta e o Estado brasileiro tem o compromisso de apresentá-la”, disse Monica.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

A dura missão de Braga Netto na Defesa

Walter Braga Netto levará um tempo para vencer a desconfiança na caserna. No Exército, oficiais generais de alta patente consideram que Braga Netto aprendeu...

A relação do novo chefe do Itamaraty com a China

Se o ambiente melhorou com os Estados Unidos na esteira dessa discussão da Cúpula do Clima de Joe Biden, o mesmo pode-se dizer em...

Os ‘exemplos domésticos’ do ministro Edson Fachin, do STF, no isolamento

No isolamento social há um ano, o ministro Edson Fachin, que comanda os casos da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, divide o tempo entre...

Presidenciáveis de centro e esquerda se unem em críticas a Bolsonaro

Cinco presidenciáveis de diferentes partidos e ideologias – o apresentador de TV Luciano Huck (sem partido), os governadores João Doria (PSDB-SP) e Eduardo Leite...