23.7 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil Novo chanceler não deve fazer mudanças profundas no Itamaraty

Novo chanceler não deve fazer mudanças profundas no Itamaraty

Substituto de Ernesto Araújo no comando do Itamaraty, o embaixador Carlos França não deve fazer grandes movimentações de pessoal — pelo menos não imediatamente.

Interlocutores da diplomacia ouvidos pelo Radar apostam que a cúpula do Ministério das Relações Exteriores deve sofrer apenas alterações pontuais.

Já no gabinete do ministro, como é praxe, o que se espera é que haja uma dança das cadeiras maior, mas nada ainda foi definido. O silêncio, aliás, gera grandes expectativas.

Ainda não há definição também sobre o destino de Ernesto Araújo, que deixa o posto de chanceler após grande pressão do Congresso e do Centrão.

Fala-se em colocá-lo em um consulado importante, como o de Washington, ou em algum organismo internacional de peso, como a FAO, sediada em Roma. Um belíssimo prêmio de consolação, que não precisa do aval do Senado.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Os potenciais alvos da delação-bomba no Congresso

Em outra frente inflamável na PGR, um ex-assessor parlamentar e agora delator promete arrastar uma parte da bancada de Minas Gerais no Congresso para...

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...