27.8 C
Brasil
segunda-feira, abril 19, 2021
Início Brasil Nunes Marques pede vista e adia fim da guerra entre Lula e...

Nunes Marques pede vista e adia fim da guerra entre Lula e Moro no STF

Ministros do STF que acompanham o entrevero na Segunda Turma nesta terça não deixam de destacar um fato irônico do julgamento da suspeição de Sergio Moro.

Com o voto do ministro Gilmar Mendes a favor da ruína judicial de Moro, restam dois ministros para votar. Ricardo Lewandowski, que já tem posição conhecida sobre a conduta do ex-juiz, e Nunes Marques, o ministro mais novo do STF, indicado por Jair Bolsonaro ao cargo.

Como Lewandowski deve empatar o placar do julgamento em 2 a 2, caberá a Marques, o escolhido de Bolsonaro, o desfecho. O ministro acaba de pedir vista do caso por não ter tido tempo para analisar a matéria. Cármen Lúcia e Edson Fachin já votaram, mas a ministra deu sinais de que fará nova manifestação.

“Preciso pedir vista para analisar o conteúdo desse processo de extrema relevância e já adianto que não me causa nenhum constrangimento ouvir os votos dos demais”, diz Nunes Marques.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Carla Maria Silva Maia explica a importância de uma consultoria empresarial

O mercado cresce cada dia mais e pequenas empresas tornam-se médias e grandes empresas, tornam-se multinacionais, afirma Carla Maria Silva Maia. Com...

Moraes nega pedido de Witzel para paralisar andamento do impeachment

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta segunda-feira o pedido de Wilson Witzel para paralisar o andamento do processo de...

A mensagem de Pujol no Dia do Exército: ‘Lealdade à Constituição’

Mensagem do Dia do Exército assinada pelo comandante Edson Pujol nesta segunda registra em dois trechos o compromisso da força com a Constituição. Pujol, que...

Leilão de apartamento de Ciro Gomes entra na reta final na Justiça

Um conhecido site de leilões anuncia para o dia 10 de junho o leilão de um apartamento do pedetista Ciro Gomes em Fortaleza. O imóvel...