23.1 C
Brasil
domingo, março 7, 2021
Início Brasil O chato do catequético (por Gustavo Krause)

O chato do catequético (por Gustavo Krause)

Está ficando difícil ser um cara comum. Feijão com arroz. Papai-mamãe. Viver e deixar viver. Comer e deixar comer. Beber e deixar beber. Cada um é dono do seu nariz. Se cresce como o de Pinóquio, cuidado, procure um…..padre, pastor, monge budista, mãe-de-santo. Ou Não procure ninguém. Você é ateu? Não disputou eleição? Segure o tranco. Na hora do aperto não use o nome D’Ele em vão. Seja macho! E mentiroso!

Aí danou-se tudo. Seja fêmea também !Ninguém tem nada com o que você faz ou deixa de fazer com seus apetrechos genitais e prazeres afetivo-carnais. Cuidado, não caia na onda do chato catequético, o cara que se acha na missão de converter você a qualquer coisa e, o pior, bem intencionado.

Começa com a carne vermelha. Não! É um veneno; entope coronária; condena você à gota por conta da taxa elevada de ácido úrico (sem contar com a fabricação de pedrinhas e a dor insuportável parecida com o “parirás com dor”). E no limite, mexe na bondosa consciência dos que condenam as dores reais do “animalicídio”. O vegano bem que tem suas razões. Minha preocupação é o efeito-estufa do pum da população bovina. O aquecimento global vai virar um churrasco planetário.

Fique atento ao peso. Caminhe, corra, fortaleça a musculatura, funcional, RPG, pilates, yoga, meditação, é a receita de uma vida saudável que termina num cadáver admiravelmente “sarado”.

Beba água, muita água. Não se afogue. Tire mais da água, mijo e impurezas e pele hidratada, porque nós somos água e, paradoxalmente, à terra voltaremos. Muito bom para o intestino. Há uma grande sabedoria que ouvi de uma sábia grã-fina: “não deixe merda azedar”. Este é um problema. A constipação. Que sofrimento! Nem todos, infelizmente, são iguais perante a lei, mas perante o vaso sanitário, predomina indiscutível isonomia: que alívio!

Não acredite em vacina! Bicho que você não vê, não pega e ainda botam, vivo ou morto, dentro da gente para brigar com os colegas. Se é guerra, vamos à luta com experiência, valentia e armados. Vamos vencer. Morreu? Não foi morte matada, foi morte morrida. Acontece hoje e vai continuar acontecendo. E a nova cepa? Cepacol resolve.

Política? Tô fora! Entreguei os pontos. É um pastoril sem Diana. Perdeu a graça. Só tem azul ou encarnado. Fascistas ou comunistas. Amigos ou inimigos mortais. Tem muito isentão e traíra. Tudo vestido de cinquenta tons de cinzas.

Gustavo Krause foi ministro da Fazenda e governador de Pernambuco

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

‘Brasil não pode caminhar para colapso hospitalar absoluto’, diz Dino

Um dos articuladores da frente de governadores que se forma nesta segunda para tentar combater de modo estratégico o avanço do coronavírus em todo...

Pacheco e Lira vão se reunir para decidir sobre ação com governadores

O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco, chegou há pouco a Brasília determinado a se reunir com o presidente da Câmara, Arthur Lira, nesta segunda...

23 governadores querem incluir Lira e Pacheco na frente contra a pandemia

Articulações em curso neste momento, coordenadas por governadores de 22 estados e do Distrito Federal, devem formar a maior reunião de forças já vista...

Ministério da Justiça leiloa fazenda de bicheiro famoso no Mato Grosso

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça abriu recentemente o leilão de uma fazenda que foi do bicheiro Comendador Arcanjo, espécie...