28 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil Pesquisa aponta preocupações das mulheres nos meios de transporte

Pesquisa aponta preocupações das mulheres nos meios de transporte

Uma pesquisa feita para o Mês da Mulher revela que lugares públicos (47%) e transportes (40%) são os mais temidos pelas brasileiras. Além disso, a amostra indica que 64% das entrevistadas afirmam ter sofrido assédio no cotidiano, em uma média de três vezes na vida para cada uma delas.

A pesquisa descobriu que, entre os meios de transporte, ônibus e metrô aparecem como campeões de casos de assédio, 76% e 25%, respectivamente. Nesse contexto, as situações que mais geram receio de assédio são: locomoção à noite (75%), passar por regiões violentas (66%), ambientes lotados (61%), locais desconhecidos (60%) e esperar ônibus no ponto (51%).

Na contramão do medo, o levantamento revela que carros por aplicativo e táxis foram considerados mais seguros, com 16% e 6% dos registros. Os comportamentos que mais importunam mulheres em aplicativos são olhares insistentes (39%), perguntas sobre vida pessoal (34%) e relacionamentos (26%), assobios (15%), além de comentários sobre a aparência delas (14%). Das mulheres que foram alvo de assédio em corridas, 82% relatou a situação à empresa, mas somente 17% procurou a polícia e 5,9% não teve coragem de denunciar.

A pesquisa foi realizada pela 99 com 1.056 pessoas, usuários de aplicativo em todo o país (da 99 e de outras plataformas), entre os dias 19 e 22 de fevereiro.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Os potenciais alvos da delação-bomba no Congresso

Em outra frente inflamável na PGR, um ex-assessor parlamentar e agora delator promete arrastar uma parte da bancada de Minas Gerais no Congresso para...

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...