24.6 C
Brasil
quarta-feira, junho 23, 2021
Início Brasil PF usou celular para mapear entregas de propina a líder de Bolsonaro

PF usou celular para mapear entregas de propina a líder de Bolsonaro

Seguindo o sinal dos aparelhos de celular do empresário e delator João Carlos Lyra, do operador do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, e do próprio senador, a Polícia Federal acredita ter flagrado as datas em que o líder de Jair Bolsonaro recebia a propina do esquema de corrupção em obras do Ministério do Desenvolvimento Regional.

“Tendo recebido as ERBs (estações rádio-bsae) dos terminais atrelados aos parlamentares investigados, foi realizado um novo
exame o qual verificou que, em várias ocasiões, após possivelmente ter recebido os valores em espécie diretamente de JOÃO CARLOS LYRA PESSOA, os sinais emitidos pelo telefone celular de IRAN PADILHA MODESTO coincidiram com aqueles emitidos pela antena de terminais atrelados a FERNANDO BEZERRA DE SOUZA COELHO, indicando que eles estavam próximos”, diz a PF.

“No dia 09/06/2014, ou seja, três dias após ter possivelmente recebido os valores de JOÃO CARLOS LYRA, o terminal utilizado por IRAN PADILHA MODESTO não só se comunica com o de FERNANDO BEZERRA DE SOUZA COELHO às 17:45h, mas inclusive ambos emitem sinais bem próximos da residência desse último na cidade de Recife/PE”, segue a PF.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Bolsonaro manda PF investigar aliado que o alertou sobre corrupção

O ministro Onyx Lorenzoni anunciou há pouco a providência adotada por Jair Bolsonaro depois de o aliado dele, o deputado Luis Miranda, ter anunciado...

“Eu vim do agro”, diz novo ministro do Meio Ambiente em vídeo

O novo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite, também conhecido como Juca, é um nome bastante conhecido no agronegócio brasileiro. Além de...

Senadores defendem livre sorteio de recursos contra CPI no STF

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, recebeu nesta quarta três integrantes da CPI da Pandemia no Senado: os senadores Renan Calheiros, relator da...

Assessor de Bolsonaro vira réu por gesto racista em sessão do Senado

Denunciado no último dia 8 pelo Ministério Público Federal, Filipe Martins, assessor do presidente Jair Bolsonaro para assuntos internacionais,  virou réu pela prática do...