23.7 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil Polícia flagra cassino clandestino em bairro de luxo de SP

Polícia flagra cassino clandestino em bairro de luxo de SP

A Polícia Civil de São Paulo fez uma operação na madrugada deste domingo, dia 14, para fechar um cassino clandestino na Vila Olímpia, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo, que estava funcionando normalmente. Ao adentrar o prédio de luxo, os policiais se depararam com uma aglomeração de mais de 200 pessoas – entre elas estavam o jogador do Flamengo Gabigol e o cantor MC Gui.

Segundo a Polícia Civil, todas as pessoas foram encaminhadas para a Delegacia de Crime Contra a Saúde Pública, assinaram um termo circunstanciado e foram liberadas. Desde o início de março, São Paulo está sob as regras rígidas da fase vermelha do Plano São Paulo, que proíbe todo o tipo de aglomeração. Nesta segunda-feira, dia 14, o estado passa à “fase emergencial”, que restringe até o funcionamento de serviços essenciais.

São Paulo enfrenta o pior momento da pandemia de Covid-19 desde 2020 com o recordes diários de mortes e internações hospitalares. Mais de cinquenta cidades do estado já não têm mais vagas disponíveis de leitos de UTI.

Na madrugada de sábado, a Polícia Civil flagrou uma balada com 500 pessoas no Capão Redondo, no extremo da Zona Sul de São Paulo. O Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), força de elite da Polícia Civil, participou das duas ações, a de sábado e a de domingo.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Os potenciais alvos da delação-bomba no Congresso

Em outra frente inflamável na PGR, um ex-assessor parlamentar e agora delator promete arrastar uma parte da bancada de Minas Gerais no Congresso para...

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...