21.6 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Brasil Prédio desaba em comunidade dominada por milicianos no Rio de Janeiro

Prédio desaba em comunidade dominada por milicianos no Rio de Janeiro

Um prédio de quatro andares desabou em Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta-feira, 3. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma menina de cerca de três anos foi encontrada morta após sete horas de buscas. Outras quatro pessoas foram resgatadas com vida dos escombros e encaminhadas a hospitais públicos da região. Os socorristas procuram, ainda, um homem que estaria sob os escombros. O comandante das buscas afirmou que a área corre risco de novos desabamentos.

A região é conhecida por ser dominada por milícias que cobram taxas de moradores e comerciantes, além de atuarem ativamente na construção, na venda e no aluguel de imóveis irregulares. Foi no bairro vizinho, Muzema, que houve o desabamento de dois prédios em abril de 2019, matando 24 pessoas.

Segundo a Secretaria Municipal de Habitação, o imóvel que desabou por volta das 3h20 da madrugada desta quinta também era irregular. A pasta acrescentou, ainda, que está no local prestando assistência às famílias das vítimas. Testemunhas que estavam no local disseram aos agentes que os estalos na edificação começaram a ser ouvidos por volta das 2h.

Parte dos escombros do edifício que caiu em Rio das Pedras, na Zona Oeste do RioPrefeitura do Rio/Reprodução

“Retiramos uma criança, não se sabe a idade, de aproximadamente entre 2 e 3 anos, uma criança feminina, sem vida, que foi removida agora para o Instituto Médico-Legal”, disse, por volta das 10h20 desta quinta-feira, 3, o coronel Leandro Monteiro, que é o comandante do Corpo de Bombeiros. O homem que segue sendo procurado pelas equipes de resgate tem por volta de 30 anos.

Já a Secretaria Municipal de Saúde informa que quatro vítimas do desabamento deram entrada em hospitais da rede municipal. No Hospital Municipal Lourenço Jorge, foram atendidas três pessoas – duas delas já tiveram alta. Uma mulher de 28 anos permanece sob cuidados na unidade, com quadro estável.

Para o Hospital Municipal Miguel Couto foi levada uma mulher, de 26 anos, resgatada dos escombros pelos bombeiros. A paciente está passando por avaliação e exames.

A Prefeitura informou que atuam no local agentes do Centro de Operações Rio, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Light, CET-Rio, Defesa Civil e Guarda Municipal. Foram acionadas ainda equipes da Naturgy, Comlurb, Subprefeitura de Jacarepaguá, Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconserva), Secretaria de Ordem Pública, Secretaria de Infraestrutura e Secretaria Municipal de Assistência Social.

Técnicos da Defesa Civil Municipal avaliam os danos que foram causados em outras quatro edificações (uma à direita e três à frente) e se haverá necessidade de outras interdições.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Milhares de manifestantes protestam contra Boslonaro na avenida Paulista

Um sem-número de manifestantes protesta na tarde deste sábado, 19, contra o presidente Jair Bolsonaro na avenida Paulista, centro de São Paulo. A manifestação...

Em campanha pelo STF, presidente do STJ recebe líderes evangélicos

Ainda sonhando com o STF, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, passou a semana recebendo líderes evangélicos no tribunal para poder ampliar sua...

Disputa de poder no Planalto trava articulação no Congresso

A disputa por poder no Planalto, que mobiliza o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, a chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda,...

Antigo partido de Bolsonaro abre as portas para Doria em 2022

Se o PSDB seguir Aécio Neves e fritar João Doria nas prévias do fim do ano, o tucano tem outra poderosa máquina partidária como...