24.8 C
Brasil
sábado, junho 19, 2021
Início Brasil Presidente do STM cobra presença da Justiça Militar no CNJ

Presidente do STM cobra presença da Justiça Militar no CNJ

Em reunião virtual com a presença do ministro Luiz Fux nesta terça-feira, o presidente do STM, general Luis Carlos Gomes Mattos, deixou clara a sua insatisfação com o fato de a Justiça Militar não ocupar um entre os 15 assentos de conselheiros do CNJ. 

Ele manifestou, ainda que de forma discreta, seu desconforto por ser o primeiro representante do STM a participar de uma reunião estratégica na história do órgão, criado em 2005.   

Mattos esteve nesta tarde na primeira reunião preparatória para o 15º Encontro Nacional do Poder Judiciário. Parte do encontro foi transmitido pelo Youtube do CNJ.

A composição do conselho não prevê representantes da Justiça Militar. O presidente do STM, que assumiu o posto em março passado, disse que “apesar de o nosso tribunal, o mais antigo da Justiça brasileira, não ter assento, ainda, no CNJ, venho com satisfação, pela primeira vez, neste evento representando a nossa Justiça”.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Deputado pede que Justiça vete passeio de moto de Bolsonaro no Ceará

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) protocolou nesta quinta, na Justiça Federal do Ceará, uma ação popular para barrar eventual realização de motociatas ou...

No STF, só Edson Fachin ainda não despachou nada sobre CPI

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, tem deixado claro que um de seus objetivos na gestão da Corte é cumprir o regimento em...

Advogada tenta conquistar OAB paulista a bordo de uma kombi

A criminalista Dora Cavalcanti pretende conduzir seu caminho na disputa pela presidência da OAB de São Paulo a bordo de uma kombi. Parte do plano...

Efeito Marina, o fantasma de Ciro Gomes em 2022

Um fantasma que ronda o ninho pedetista de Ciro Gomes é o fenômeno já vivido por Marina Silva. Em 2018, a candidata da Rede...