23.7 C
Brasil
sexta-feira, abril 23, 2021
Início Brasil ‘Proteção à saúde coletiva’, diz Fux sobre ações contra covid entre presos

‘Proteção à saúde coletiva’, diz Fux sobre ações contra covid entre presos

A indicação do CNJ para ser finalista de premiação global de práticas de alto impacto para a garantia do Estado de Direito em tempos de crise pelas ações para frear a disseminação do novo coronavírus no sistema prisional e socioeducativo foi comemorada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux.

“A indicação do CNJ para esse prêmio demonstra que estamos no caminho certo para a garantia de prestação de justiça enquanto respeitamos regras de segurança sanitária e de proteção à saúde coletiva. Festejamos, portanto, esse momento e reconhecimento importante para o Conselho Nacional de Justiça”, disse ao Radar o presidente do STF e do CNJ, ministro Luiz Fux.

A avaliação é conduzida pela organização norte-americana The World Justice Project (WJP), que promove o prêmio World Justice Challenge 2021. Ao todo, 30 finalistas entre 452 inscrições de 114 países concorrem ao prêmio. O Judiciário brasileiro está entre os oito primeiros colocados.

A indicação da atuação do CNJ para dar subsídios técnicos à Justiça e proteger a saúde tanto das pessoas presas quanto dos profissionais que trabalham nas cadeias, penitenciárias e nas instituições de privação de liberdade para adolescentes é um reconhecimento aos esforços dos tribunais para garantir o acesso à justiça e o atendimento básico das normas sanitárias de prevenção ao contágio por Covid-19.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Os potenciais alvos da delação-bomba no Congresso

Em outra frente inflamável na PGR, um ex-assessor parlamentar e agora delator promete arrastar uma parte da bancada de Minas Gerais no Congresso para...

Plasfer: como aplicar sustentabilidade na empresa

O conceito de sustentabilidade está muito disseminado no mundo atual, a tendência é aderir e manter o natural. A empresa Plasfer Healthcare...

Apesar do STF, Moro define partido e marca prazo para decidir sobre 2022

Depois de ter a biografia de juiz implacável com corruptos sepultada pelo STF, Sergio Moro terá uma dura decisão a tomar: entrar ou não...

CNJ participa de audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos

O Conselho Nacional de Justiça foi convidado a participar de audiência pública de supervisão de sentença no caso Ximenes Lopes vs. Brasil, marcado para...