21.9 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021
Início Brasil Witzel se defende pelas redes sociais e diz que impeachment “é golpe!”

Witzel se defende pelas redes sociais e diz que impeachment “é golpe!”

O agora ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), que sofreu processo de impeachment na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, usou as redes sociais para se defender e apresentar a sua versão dos fatos.

Pelo Twitter, Witzel fez uma série de declarações atacando o processo e o relator do caso, Waldeck Carneiro (PT). O deputado se posicionou favoravelmente ao impedimento, citando em sua argumentação a delação premiada do ex-secretário de saúde do estado, Edmar Santos, que implica Witzel em casos de corrupção. 

<span class="hidden">–</span>reprodução redes sociais/Reprodução

“Lamentavelmente o Relator Deputado Waldeck Carneiro, do PT, está usando exclusivamente a delação de Edmar Santos para fundamentar seu voto, absolutamente contrário a técnica jurídica sem compromisso com um julgamento justo”, escreveu o ex-governador, enquanto o deputado apresentava seu voto.

Em outro tweet, Witzel voltou à carga: “A vontade de consumar o golpe é tão grande, que o relator não teve o cuidado de fazer um voto em correlação com a denúncia. Não fui denunciado por omissão. Não conseguiu demonstrar que recebi qualquer vantagem indevida. Pura demagogia. Uma verdadeira aberração jurídica!”.

Após o oito deputados votarem acompanhando o relator, resultado que selou o destino de Witzel por compor a maioria na comissão especial, ele desabafou: “É revoltante o resultado do processo de impeachment! A norma processual e a técnica nunca estiveram presentes. Não fui submetido a um Tribunal de um Estado de Direito, mas sim a um Tribunal Inquisitório. Com direito a um carrasco nos moldes do estado islâmico, que não mostrou o rosto”.

Com a decisão, Claudio Castro, assume o cargo em definitivo. A posse deve ocorrer no próximo sábado, 01 de maio.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

PGR assina delação com advogado que deve implodir a Lava-Jato no Rio

O advogado Nythalmar Filho na última terça-feira seu acordo de delação premiada com a PGR. Em troca de provas contra investigadores da força-tarefa da Lava-Jato...

STF arquiva caso dos cheques de Queiroz que mirava Bolsonaro

No início da semana, o Radar revelou que o chefe da PGR, Augusto Aras, havia rejeitado investigar Jair Bolsonaro no caso dos cheques depositados...

Disputa pelo controle do aeroporto de Manaus segue no STF

A novela da licitação do aeroporto de Manaus, que antagoniza o governo de Jair Bolsonaro e consórcio SB Participações, ganhou mais um capítulo com...

Universidade Zumbi dos Palmares lança pesquisa inédita sobre cotas raciais

A Universidade Zumbi dos Palmares, em parceria com a ONG Afrobras e com o Conselho Nacional de Justiça, vai dar início a uma pesquisa...