21.9 C
Brasil
sábado, fevereiro 27, 2021
Início Economia Após tragédia com ônibus, ações vão na contramão da segurança

Após tragédia com ônibus, ações vão na contramão da segurança

Na semana em que aconteceu uma das maiores tragédias rodoviárias recentes no país, as ações de governantes apresentam-se no mínimo erráticas. Na quarta-feira, 25, 41 pessoas morreram após um ônibus se chocar contra um caminhão na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, no município de Taguaí (SP). Contudo, neste mesma semana, o Ministério da Infraestrutura publicou uma resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) liberando de multas as empresas que transportarem passageiros em número superior à lotação especificada pela legislação.

No governo paulista a situação não é nada melhor. Faltando poucos dias para o seu encerramento, a consulta pública promovida pela Artesp para o transporte rodoviário de passageiros vem chamando a atenção pela inexistência de medidas objetivas para o aumento da segurança nas estradas.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Pacheco deve se distanciar das trapalhadas da agenda de Lira na Câmara

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, foi aconselhado por colegas a aproveitar os tropeços de Arthur Lira na Câmara para marcar uma diferença de...

Emissário de Bolsonaro tentou alertar Silveira sobre risco de prisão

Dias antes de o ministro Alexandre de Moraes, do STF, prender o deputado Daniel Silveira, um emissário de Jair Bolsonaro tentou contê-lo. “Você vai prejudicar...

Porsche de chefe do PCC vai virar viatura de polícia em SP

João Doria determinou que a cúpula da Segurança de São Paulo faça uma força-tarefa junto ao Poder Judiciário na tentativa incorporar aos bens do...

O que ainda segura Paulo Guedes no governo Bolsonaro

Depois dessa crise aberta por Jair Bolsonaro na Petrobras, Paulo Guedes nunca esteve tão abatido no governo, diz um colega dele de ministério. “O que...