21.1 C
Brasil
terça-feira, setembro 28, 2021
Home Economia Faz sentido a Apple vender o iPhone sem o carregador?

Faz sentido a Apple vender o iPhone sem o carregador?

Enquanto a Apple exaltava seu novo iPhone com 5G no evento de lançamento da versão número 12, o pessoal no Brasil estava discutindo o fato de que a empresa agora vai vender o iPhone sem carregador e fone de ouvido. Nas lojas online oficiais da Apple, no Brasil, as versões XR e o iPhone 11 já estão sendo vendidas sem os dois acessórios.

Mas faz algum sentido? Ecologicamente, a justificativa da empresa faz sentido. Ao não incluir os dois acessórios, o tamanho da caixa cai pela metade. Isso significa menos espaço nos palettes de transporte, menos caminhões na rua, menos poluição. A empresa inclusive diz que fez uma pesquisa que mostra que as pessoas já possuem carregadores e podem reaproveitá-los. Isso significa que toda a cadeia de produção será afetada. Mas o problema da Apple é que a empresa não presta todas as informações, já que sequer os resultados da tal pesquisa estão disponíveis. Assim, muitos consumidores ficam na dúvida se a empresa está preocupada com o meio ambiente ou em vender separadamente acessórios e ganhar mais dinheiro com isso.

Na loja oficial da Apple, o iPhone 11 mais barato custa 5.699 reais. Para comprar o carregador lá se vão mais 219 reais. Não é nada, não é nada, é quase 4% a mais de dinheiro só para comprar o carregador. É o dobro do que a taxa Selic está rendendo no ano. Botou o fone de ouvido no carrinho? Mais 219 reais. O iPhone 11 aqui no Brasil, na loja oficial, está mais caro que o 12 recém lançado nos Estados Unidos. Ao dólar de hoje, o iPhone 12 mais barato sai numa loja americana por 3.893 reais.

No Brasil, o valor do novo iPhone só será conhecido quando for lançado para a venda, o que a empresa diz que será “em breve”. No varejão online, os preços das versões 11 e XR dos iPhones estão bem mais em conta do que na loja oficial da Apple. Mesmo o carregador é possível ser encontrado por cerca de 40 reais. Para quem ficou na dúvida, o cabo de energia que conecta o iPhone com o carregador continuará sendo vendido junto com o telefone. 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments