30.7 C
Brasil
sexta-feira, setembro 17, 2021
Home Economia Por que Guedes tem batido o pé contra os ‘green bonds’ incentivados

Por que Guedes tem batido o pé contra os ‘green bonds’ incentivados

Advogados e deputados que têm ido ao Ministério da Economia para negociar com o ministro Paulo Guedes a criação de uma vantagem fiscal para os “green bonds” — debêntures, ou títulos de dívida corporativa, para financiar projetos sustentáveis — têm sentido que estão perdendo tempo. O ministro parece irredutível em sua posição de não conceder um benefício maior às debêntures sustentáveis do que para outras de infraestrutura.

As novas debêntures incentivadas previstas no Projeto de Lei de Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), os emissores podem deduzir do lucro líquido o valor correspondente à soma dos juros de determinado e excluir da base de cálculo da contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL) o valor correspondente a 30% dos juros das debêntures. Isso permitira que os emissores pagassem rentabilidades maiores aos compradores, mas que compensassem na hora de pagar impostos sobre o lucro. Isso é o que Guedes aceita. O que ele não aceita é que os green bonds aumentem a dedução para 50%.

O que o ministro vem dizendo que não há espaço fiscal e para desonerar os green bonds seria necessária uma contrapartida fiscal. O argumento é o mesmo que Guedes usou para vetar a desoneração de 17 setores e das igrejas.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments