20.6 C
Brasil
quarta-feira, março 3, 2021
Início Justiça Brasileiros travam batalha judicial contra o grupo francês Publicis

Brasileiros travam batalha judicial contra o grupo francês Publicis

O grupo francês Publicis, um dos maiores conglomerados de comunicação do mundo, está no meio de uma disputa de 40 milhões de reais com os ex-sócios da agência Espalhe, de publicidade, relações públicas e mídias digitais. O entrevero transcorre no tribunal arbitral da Câmara de Comércio Brasil-Canadá. O grupo francês é acusado de abuso de poder, falta dos deveres de fidúcia e de diligência e práticas de conflito de interesse. Os brasileiros venderam sua agência para a multinacional em 2013. Uma parte do pagamento foi efetuada no ato, mas o restante se dividiu em cinco parcelas anuais, calculadas sobre a lucratividade da empresa. O que acontece, no entanto, é que nenhuma das parcelas subsequentes à compra foi efetuada. Embora a receita da agência tenha crescido 27% no ano seguinte ao negócio, uma série de medidas consideradas desleais por parte dos ex-donos derrubaram sua lucratividade de 26% para 1%.

Não é um caso isolado no mercado publicitário brasileiro. Motivados por queixas parecidas, outras agências adquiridas por grandes grupos estrangeiros já recorreram aos tribunais após o contrato assinado — especialmente contra o grupo britânico WPP e o próprio Publicis. No caso da Espalhe, os antigos donos alegam que o conglomerado francês contribuiu de forma decisiva para a redução dos lucros, por exemplo, transferindo o principal cliente da agência vendida para outra pertencente ao mesmo conglomerado, também no Brasil, o que configuraria um conflito de interesses.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

- Advertisment -

Ultimas Notícias

STF arquiva denúncia da PGR contra “quadrilhão do PP” e salva Lira

A Segunda Turma do STF arquivou a denúncia por organização criminosa contra o chamado “quadrilhão do PP”, que envolvia o presidente da Câmara, Arthur Lira,...

STF julga lei de antenas de SP inconstitucional e abre espaço para 5G

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal publicada ontem julgou inconstitucional a Lei de Antenas de São Paulo. A prefeitura e a câmara municipal recorreram...

Governadores ‘desistem’ de Pazuello para assumir a gestão da crise

Como já aconteceu em outras vezes ao longo dos últimos meses de pandemia da Covid-19, uma comitiva de 21 governadores foi a Brasília nesta...

Ministro pede aposentadoria ao vivo em sessão do STJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Nefi Cordeiro, de 57 anos, pediu aposentadoria ao vivo durante a sessão de julgamentos desta terça-feira. “Pensei muito...