21.1 C
Brasil
terça-feira, setembro 28, 2021
Home Justiça Ex-médico Roger Abdelmassih vai para prisão domiciliar

Ex-médico Roger Abdelmassih vai para prisão domiciliar

O ex-médico Roger Abdelmassih conseguiu nesta terça-feira, 14, autorização da Justiça para ser transferido para a prisão domiciliar. A decisão considerou o risco de o preso, de 76 anos, ser contaminado pelo coronavírus.

Abdelmassih foi condenado a 278 anos de prisão por estupro, tentativa de estupro e atentado violento ao pudor. Foram 52 estupros e 4 tentativas contra 39 mulheres, pacientes de sua clínica especializada em reprodução assistida. De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), os crimes foram cometidos entre 1995 e 2008, nas dependências da clínica, localizada em um bairro nobre da capital paulista.

Na decisão, a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté, citou a idade e o bom comportamento de Abdelmassih na prisão. “Se trata de detento idoso e possuidor de diversas comorbidades, destacando-se as cardíacas e respiratórias”

Abdelmassih cumpre pena no Presídio de Tremembé, no interior de de São Paulo.

Essa é a segunda vez que o ex-médico é liberado para prisão domiciliar. Em 2017, ele apresentou laudo no qual ressaltou a necessidade de atendimento médico. Na ocasião, a Justiça descobriu que o documento foi forjado e ele voltou para a cadeia. O Ministério Público deve recorrer da nova decisão que coloca o detento em prisão domiciliar.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments