30.7 C
Brasil
sexta-feira, setembro 17, 2021
Home Justiça Filho de desembargadora do TJBA recebeu propina em quarto de motel

Filho de desembargadora do TJBA recebeu propina em quarto de motel

Na representação em que pediram a prisão temporária da desembargadora do TJBA Sandra Inês Russiocelli e do seu filho, o advogado Vasco Rusciolelli Azevedo, os investigadores da Operação Calvário revelam detalhes picantes de como o filho costumava proceder para receber o dinheiro sujo pago em troca das decisões judiciais vendidas pela mãe.

Vasco, como o Radar mostrou mais cedo, operou o balcão de venda de sentenças de Sandra mesmo durante a crise do coronavírus. Na semana passada, com o país começando a entrar em quarentena, ele não seguiu o conselho de ficar em casa. Em plena segunda-feira, 17, foi para a rua cometer crimes como corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.

Vasco, segundo o relatório da investigação, recebeu 250.000 reais em propina paga pela decisão favorável de sua mãe dentro de uma mochila entregue para ele em seu Jaguar dentro do motel Decameron. Sim, o nome do livro homônimo de Giovanni Boccaccio, que narra histórias contadas justamente num período de confinamento. 

O estabelecimento escolhido para a operação criminosa, além do nome sugestivo em tempos de coronavírus, fica a sete minutos de carro do Tribunal de Justiça baiano e logo ao lado Batalhão de Polícia Especializado em Eventos de Salvador.

O périplo do dinheiro não parou por aí: a grana, dentro da mochila, foi repassada pelo filho da desembargadora para sua namorada dentro de uma universidade. Lá, a bolsa foi jogada fora e o dinheiro levado para o apartamento de Vasco, que é, segundo conta o MPF, vizinho de porta de sua mãe e seu operador financeiro.

Os dois foram presos temporariamente nesta terça-feira, por decisão do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments