30.7 C
Brasil
sexta-feira, setembro 17, 2021
Home Justiça Justiça nega recurso e mantém anulada eleição na Federação de Judô de...

Justiça nega recurso e mantém anulada eleição na Federação de Judô de SP

Sob disputa judicial desde abril, a eleição na Federação Paulista de Judô ganhou mais um capítulo às vésperas das Olimpíadas de Tóquio. O Tribunal de Justiça de São Paulo analisou recurso da entidade e manteve a anulação do pleito, decidida em maio, por entender que ocorreram irregularidades.

Desta forma, fica valendo a ordem para a atuação do interventor, Caio Pompeu de Souza, no comando da entidade, até as próximas eleições regulares. O TJSP deu razão ao movimento Renova Judô, chapa de oposição nas eleições da federação.

A Justiça comum confirmou decisão proferida administrativamente pelo Tribunal Arbitral, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, da Confederação Brasileira de Judô. A corte identificou indícios de irregularidade no processo de eleição e determinou a realização de um novo pleito.

“Agora, finalmente o Tribunal de Justiça de São Paulo julgou improcedente a tentativa da antiga gestão de, na Justiça Comum, impedir a intervenção decidida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Judô. Acertou o Tribunal de Justiça. Virada essa página, o interventor terá muito trabalho para auditar as contas da antiga gestão e conduzir de forma independente e democrática novo processo eleitoral”, afirmam os advogados do Renova Judô, Carlo Frederico Müller e Renato Ribeiro de Almeida.

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments