30.7 C
Brasil
sexta-feira, setembro 17, 2021
Home Justiça Mídias apreendidas de Roberto Jefferson vão de Lula a Bolsonaro

Mídias apreendidas de Roberto Jefferson vão de Lula a Bolsonaro

Além de determinar a prisão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, a decisão do ministro Alexandre de Moraes cumprida nesta sexta, 13, pode trazer revelações importantes sobre o cenário político.

Conforme a coluna apurou, as mídias de armazenamento apreendidas por determinação de Moraes vão desde a gestão de Lula até o governo de Jair Bolsonaro.

A prisão de Roberto Jefferson demorou a acontecer. A Justiça demorou demais para realizar a prisão.

O ex-deputado é um verdadeiro camaleão. Traiu o governo Lula ao denunciar o mensalão, quis se aliar ao governo Dilma e não conseguiu, tentou se aproximar de Temer e, agora, se juntou ao governo Bolsonaro.

Mas o mais grave estava sendo feito agora. De forma totalmente criminosa, Jefferson estava atacando a democracia, as instituições, desrespeitando o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). Ao ser preso, o ex-deputado teria dito que Alexandre de Moraes é “cachorro do Supremo”. Nem mesmo depois de ser preso, o político deixou os ataques de lado.

Roberto Jefferson precisa aprender que não pode simplesmente atacar o estado democrático de direito, incitar o povo contra as instituições e ficar impune.

- Advertisment -

Most Popular

Reviravolta nos tribunais

Rico, poderoso e bem-sucedido, o advogado Roberto Caldas era uma autêntica estrela do mundo jurídico. Juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, ele foi...

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de...

Justiça nega pedido da defesa de Flordelis contra suspeição de juíza

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou nesta quarta-feira, 1, a exceção de suspeição contra a juíza Nearis...

Bolsonarista, ex-fuzileiro assume defesa de viúva do miliciano Adriano

Viúva do miliciano Adriano da Nóbrega e candidata a delatora das entranhas dos crimes do ex-marido, Julia Emília Mello Lotufo mudou de advogado. Saiu...

Recent Comments