28.3 C
Brasil
sexta-feira, março 5, 2021
Início Política Advogado cobrava para liberar pagamento no governo Witzel

Advogado cobrava para liberar pagamento no governo Witzel

Preso na operação da Polícia Federal contra desvios na saúde do Rio de Janeiro, o advogado Wagner Bragança é apontado pela Procuradoria-Geral da República como o intermediário do esquema liderado pelo Pastor Everaldo — presidente do PSC, partido do governador afastado.

A operação desta terça-feira, autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça, teve como base elementos apresentados na delação premiada do ex-secretário de Saúde do estado Edmar Santos.

De acordo com as investigações, Bragança cobrava para liberar pagamentos dos “restos a pagar” no governo de Wilson Witzel e em administrações anteriores do Rio.

Ainda segundo os investigadores, Bragança recebia honorários para pedir administrativamente a liberação dos restos a pagar — dos 20% que recebia, 13% dava pro grupo criminoso.

Durante o governo de Witzel, o advogado teria se beneficiado de um decreto de março de 2019 que criou uma comissão de avaliação dos restos a pagar, com a intensão de filtrar pagamentos. A norma teria flexibilizado a análise da comissão.

No pedido apresentado ao STJ, a PGR credita a publicação deste decreto a uma pressão do Pastor Everaldo, que está preso desde agosto em Bangu.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Damares anuncia domingo dados de violência contra mulheres no país

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos divulga no domingo os dados de denúncias recebidas pelo Disque 100 e pelo Ligue...

Pagamento de indenizações da Odebrecht a delatores é questionado

O ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich Filho acionou a Justiça nesta semana para questionar supostos indícios de recebimento de indenizações mensais por parte de...

Covid-19: Doria anuncia novo hospital de campanha em SP

O governador João Doria disse nesta sexta-feira, 5, que um novo hospital de campanha será aberto na cidade de São Paulo para o tratamento...

Bolsonaro usa mentira como método e não merece governar, diz Dino

Autor da queixa-crime encaminhada à Câmara pelo decano do STF, ministro Marco Aurélio Mello, o governador do Maranhão, Flávio Dino, bate pesado no presidente...