22.5 C
Brasil
segunda-feira, março 1, 2021
Início Política Bolsonaro finge ser árvore de quartel pra fugir do segundo turno

Bolsonaro finge ser árvore de quartel pra fugir do segundo turno

O toque de Midas que Jair Bolsonaro esperava ter ao apoiar candidatos nas eleições municipais não deu certo e o presidente agora pensa em formas de se fingir de morto para não aparecer. A primeira tentativa foi se trancar no closet presidencial e pender na porta uma tabuleta escrito “Covid: não entre”. Mas todos já sabem que ele já teve a doença e também que é ali dentro do armário que ele mais gosta de despachar.

A segunda tentativa foi passar tinta branca no pés, à moda dos quartéis, e se fingir de árvore. Mas desistiu rápido com medo de ser derrubado. Por fim, Bolsonaro teve uma ideia infalível. Refugiou-se na biblioteca do Planalto. Deu certo. Lá ninguém jamais iria procurá-lo.

Publicado em VEJA de 2 de dezembro de 2020, edição nº 2715

- Advertisment -

Ultimas Notícias

O fim de um símbolo da amizade de Alcolumbre e Maia

Símbolo da amizade de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, o famoso portão que ligava internamente as casas dos chefes do Senado e da Câmara...

Durante a pandemia, ‘Bolsonaro 2022’ venceu de goleada ‘Fora Bolsonaro’

Sempre que pode,  Jair Bolsonaro reserva uma parte de suas aparições públicas para espetar os advesários. Na sexta-feira 26, durante uma visita ao Ceará,...

MPF levanta informações sobre empresa e negócios de filho de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro passou a ter uma nova dor de cabeça com um de seus filhos. O Ministério Público Federal (MPF) está levantando...

S.O.S. Acre

O Acre enfrenta três crises simultâneas: as enchentes, a pandemia da Covid-19 e o surto de dengue. Os alagamentos atingiram cerca de 120 mil...