23.4 C
Brasil
sexta-feira, julho 1, 2022
HomenotíciasRH no ramo farmacêutico: entenda como funcionam os recursos humanos nessa área

RH no ramo farmacêutico: entenda como funcionam os recursos humanos nessa área

Você já parou pra pensar como funciona a gestão dos recursos humanos nas farmácias? O empresário Manoel Conde Neto entende que o setor do RH deve realizar uma gestão de pessoas específica para que assim seja possível estabelecer um bom vínculo entre os profissionais e o seu público-alvo. Pensando nisso e na importância dessa gestão para a área da saúde, leia o artigo até o final e compreenda mais o assunto.

 

Mas qual seria o papel dos recursos humanos? De modo geral, o profissional do RH é responsável por aplicar um conjunto de conhecimentos e técnicas de gestão especializadas no gerenciamento das relações pessoais. Assim, como assimila o fundador da Farma Conde, esse setor também é aquele que realiza a contratação, treinamento e demissão de funcionários. 

 

Recursos humanos nas farmácias

Podemos pensar inicialmente, na contratação de funcionários para essa área. Sabemos que é de extrema necessidade que tanto os atendentes, quanto balconistas, farmacêuticos e até mesmo os gerentes componham uma equipe que auxiliem no alcance das metas e estejam qualificados para as atribuições que serão destinadas a cada cargo. Por isso, o setor dos recursos humanos, como pensa Manoel Conde Neto, deve levar em consideração as demandas do estabelecimento, assim como seu faturamento. 

 

Como os estabelecimentos farmacêuticos tratam-se de locais públicos destinados à saúde populacional, é essencial que haja uma boa relação interpessoal entre os funcionários e clientes. Sendo assim, do mesmo modo que é feita uma gestão de pessoas dentro da empresa em prol de um melhor alinhamento de trabalhos, o mesmo deve ser feito com os consumidores, que precisam receber um atendimento humanizado e específico.

 

Importância dos recursos humanos 

Dentre as principais finalidades dos recursos humanos, estão: reduzir custos, aumentar a produtividade, impulsionar vendas e fidelizar clientes. Dessa forma, Manoel Conde Neto entende que o papel do RH é justamente encontrar melhorias e soluções para o setor farmacêutico por meio de análises de dados e planos estratégicos, que leve em consideração a rotina do estabelecimento e os objetivos a serem alcançados.

 

Caso você não saiba, com o advento da tecnologia, as redes de farmácias começaram a enfrentar diversos desafios, sendo um deles o fator da expansão da rede. É fato que buscar diferenciais no ramo está diretamente relacionado com o investimento em tecnologias de ponta, que atendam às necessidades do público e ao mesmo tempo auxiliam no controle e monitoramento de dados para otimizar as vendas.

 

Sendo assim, é nítido observarmos que o profissional do RH possui um papel cada vez mais crucial para tornar um estabelecimento farmacêutico referência no mercado. Como pensa Manoel Conde Neto, para que haja uma boa gestão é preciso fornecer treinamentos aos funcionários, assim como avaliar os desempenhos das vendas e do atendimento e buscar sempre por melhorias que mostrem ao público que o estabelecimento tem como finalidade inovar seus produtos e serviços para promover o bem-estar da população.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments